Seu pedido

Coronavírus (Covid-19) — para obter as últimas atualizações e informações de viagem, visite nosso Centro de Informações sobre o Coronavírus.

:
:
:
Dias
Horas
Minutos
Segundos

Os melhores mercados de alimentos da Europa

9 mercados onde você pode saborear o seu destino

 

Um dos maiores prazeres de viajar pela Europa é a comida. Em toda a Europa, existem destinos que têm, pelo menos, um prato tradicional ou comida única que você precisa experimentar. Não há lugares melhores para explorar tudo isso do que em um mercado local de alimentos! Aqui estão nove deles que valem um desvio especial em suas futuras viagens.

1. De Foodhallen — Amsterdã, Países Baixos

O De Foodhallen de Amsterdã é recheado de atividades e repleto de opções deliciosas de comida. O impressionante depósito de bondes reformado, original do século XIX, serve como o cenário perfeito para provar uma seleção de pratos regionais e internacionais.

 

Existem várias barracas de comida e food trucks para um jantar informal, além de vários restaurantes famosos localizados no complexo. Se tudo isso não for suficiente, há um cinema ao lado, perfeito para relaxar à noite.

 

Como chegar de trem: Amsterdã é um importante centro ferroviário da Europa e há trens regulares de alta velocidade para a cidade de todo o continente. Os trens regionais podem conectá-lo facilmente à maioria das cidades da região de Benelux.

2. Torvehallerne — Copenhague, Dinamarca

Copenhague não é estranha à comida de rua e aos mercados populares. Torvehallerne é talvez o mais famoso do lote e por boas razões. Lá, você encontrará uma variedade de itens gourmet, de vinho e chocolate a pão e especiarias. Se você não estiver com muita fome, pode simplesmente passear pelos corredores vibrantes enquanto toma uma xícara de café quente e pega alguns itens para se deliciar mais tarde.

 

Como chegar de trem: como principal centro ferroviário, há trens regulares para Copenhague de toda a Dinamarca. Também há conexões fáceis a partir de países vizinhos.

3. Le Marché Raspail — Paris, França

O Le Marché Raspail é um mercado essencialmente francês na margem esquerda de Paris. Exala o verdadeiro charme parisiense e é um pouco mais refinado do que outros mercados de alimentos típicos da Europa. Você pode comprar suprimentos franceses básicos, como pão, queijo e uma variedade de doces locais. Mas aos domingos, uma seleção de food trucks de alta qualidade chega para servir deliciosas refeições frescas.

 

Como chegar de trem: existem oito estações de trem em Paris que recebem trens de todo o país e continente. Como centro ferroviário de destaque, existem trens regulares para a capital francesa, incluindo vários trens noturnos para cidades mais distantes.

4. Mercado da Ribeira — Lisboa, Portugal

Também conhecido como Time Out Market, devido à grande publicação de viagens que reformou o belo edifício antigo, este é um destino gastronômico único para qualquer pessoa que visita Lisboa.

 

É mais refinado e elegante do que totalmente autêntico. Mas a alta qualidade e os preços razoáveis dos pratos compensam a atmosfera um tanto estéril.

 

Como chegar de trem: é fácil chegar a Lisboa por trem de dentro de Portugal. É uma viagem de trem conveniente das cidades do norte e do sul de Portugal.

5. Markthalle Neun — Berlim, Alemanha

O Markthalle de Berlim é um das últimas edificações originais de mercado restantes na capital alemã e não decepciona. Existem eventos populares em determinados dias da semana, mas nenhum tão movimentado quanto o Street Food Thursday.

 

É um dos maiores e mais populares festivais de comida de rua da cidade. Você pode adquirir uma ampla variedade de produtos, locais e internacionais. Existem também vários bares na área para ajudar a saciar sua sede.

 

Como chegar de trem: Berlim é um centro ferroviário bem conectado. Existem trens regulares para a cidade de todo o país. Muitas cidades também oferecem trens de longa distância e noturnos.

6. Naschmarkt — Viena, Áustria

Existe um certo encanto no Naschmarkt de Viena que você não encontrará em nenhum outro mercado de alimentos da Europa. A sua localização junto à galeria de arte The Secession define o tom perfeito para uma noite de comida deliciosa. Você encontrará uma variedade de pratos internacionais, bem como vários pratos tradicionais austríacos, como schnitzels e panquecas.

 

Como chegar de trem: é fácil de chegar a Viena de trem a partir de toda a Áustria. Também há conexões regulares de países vizinhos, como Suíça, Hungria, Eslovênia, República Tcheca e Alemanha.

7. Östermalms Saluhall — Estocolmo, Suécia

O edifício que abriga este mercado sueco já compensa a visita. Trata-se de um refinado edifício de ferro e vidro que remonta ao final do século XIX. Mas aventure-se por dentro e você descobrirá um mundo de mercadorias deliciosas. Há uma variedade de peixes frescos, sushi e vários outros itens, como queijos e carnes, que você pode comer lá ou levar para comer depois.

 

A verdadeira atração deste mercado, no entanto, é o chocolate. Você encontrará espetaculares chokladsnittar suecos, ou fatias de chocolate, que podem fazer com que você volte sempre.

 

Como chegar de trem: embora seja um pouco mais isolada do que outras capitais da Europa Continental, há trens regulares para Estocolmo a partir das capitais vizinhas Oslo (Noruega) e Copenhague (Dinamarca). As viagens de trem para Estocolmo também são rápidas e eficientes.

8. Great Market Hall — Budapeste, Hungria

O Great Market Hall de Budapeste é um destino impressionante para se visitar simplesmente pela arquitetura. Este impressionante edifício parece uma estação ferroviária e, de muitas maneiras, espelha o trabalho de Gustave Eiffel e Gaudí.

 

A maioria das pessoas vai ao mercado pelo famoso prato húngaro Lángos, mas você também poderá encontrar outras deliciosas refeições, lanches e bebidas húngaros.

 

Como chegar de trem: existem trens regulares para a Hungria a partir da maioria dos destinos locais, bem como das capitais próximas: Viena, Praga, Liubliana, Zagreb e Bratislava.

9. Mercado de San Miguel — Madri, Espanha

A maioria das refeições na capital espanhola costuma ser tapas em restaurantes fixos. Mas o belo Mercado de San Miguel está começando a se destacar como um destino obrigatório para quem gosta de gastronomia.

 

O mercado vibrante transborda com pessoas passeando pelos corredores estreitos entre uma variedade de barracas de comida. Você encontrará variedades modernas de tapas tradicionais deliciosas, com a maioria das barracas sendo especializada em apenas uma ou duas iguarias locais.

 

Como chegar de trem: Madri é um importante centro ferroviário e de fácil acesso de trem de toda a Espanha. Há também trens de longa distância e noturnos dos vizinhos França e Portugal.

Descubra mais da Europa: temos bastante conteúdo para mantê-lo curioso e inspirado!